41 3222-6926

 

O papel da dieta na formação de cálculos renais

calculos-renais

No consultório, uma das queixas mais comuns tanto de homens, como de mulheres é a ocorrência de cálculos renais.

Quase sempre, logo depois do diagnóstico vem a pergunta: “esses cálculos se formam porque tem algum erro na minha alimentação?”.

Resposta: Sim e não. A predisposição de formar cálculos renais é mais uma condição geneticamente determinada do que por condições dietéticas, anatômicas, ou infecciosas. Certamente se um paciente com predisposição para formar cálculos, não tomar alguns cuidados com hábitos alimentares, vai piorar a frequência de formação dos cálculos. Exemplo mais comum: Quem tem tendência a ter colesterol elevado... Se tiver uma dieta com pouca gordura, não vai ter colesterol alto. Porém se for da turma do bacon...

Voltando aos cálculos... Se o indivíduo tem uma predisposição à formação de cálculos renais e não é muito amigo da água, certamente vai facilitar a formação do cálculo.

A água serve como solvente mesmo. Para qualquer tipo de cálculo, a hidratação em abundância vai dificultar a agregação de sais minerais que formam os cálculos. Discute-se muito a questão da água mineral. Alguns pesquisadores não acham importante restringir a água mineral. Outros indicam que é fundamental não fornecer material para a “construção” do cálculo, que seriam os sais minerais que estão na água mineral.

Quem é meu paciente sabe que eu prefiro que tentem fugir da água mineral. “Sempre água filtrada em abundância”. Outras situações dietéticas que os pesquisadores sugerem ser importante é a restrição de proteínas e sal, itens que também recomendo serem controlados.

Bom... escrevi essas linhas porque sempre me perguntam sobre dieta de quem tem cálculos. Gente, mais dúvidas estarei na UROPAR.