41 3222-6926

 

Urologia - As subespecialidades

Urologia Geral: Situações de saúde bastante frequentes como infecções urinárias, doenças sexualmente transmissíveis, avaliação da próstata para câncer e aumento benigno, esterilização por vasectomia e doenças da genitáilia masculina como fimose e hidrocele entre outras.

Uro-ginecologia: As disfunções da micção, como as perdas involuntárias, tanto masculina, como feminina e situações como retenção urinária após cirurgias ou em pacientes com paralisias, são diagnosticadas e tratadas com modernas técnicas, algumas delas utilizando incisões mínimas, ou até mesmo sem incisões.

Endourologia / cirurgias a laser: É a subespecialidade que aborda determinadas doenças somente com equipamentos que permitem operar os pacientes pela uretra, ou então por incisões mínimas. São técnicas utilizadas atualmente para tratamento da maioria dos cálculos renais e alguns tipos de tumores dos rins, ureteres, bexiga e uretra. O laser é amplamente utilizado nessas técnicas cirúrgicas. O paciente retorna as suas atividades em poucos dias.

Videocirurgia: As doenças ou tumores do sistema urinário que não podem ser abordadas pelas técnicas de endourologia, antes de se pensar em cirurgias abertas, podemos lançar mão de técnicas de videolaparoscopia. É uma maneira de operar os pacientes com incisões mínimas, porém podendo realizar grandes cirurgias de tumores, cálculos, ou até mesmo remoção de órgãos. Os pacientes também recuperam-se de forma mais rápida do que quando se utilizam incisões cirúrgicas tradicionais.

Oncologia Urológica (cancerologia): Os tumores mais frequentes do trato urinário são os que acometem as glândulas suprarrenais, os rins, a bexiga e a próstata. Ureteres, uretra e pênis na nossa região têm baixa incidência. Alguns desses tumores têm solução por medicamentos, outros por técnicas não cirúrgicas e outros, a cura vem por técnicas cirúrgicas. Exemplo é o câncer de rim que hoje dispõe de várias abordagens terapêuticas. Temos destruição do tumor por congelamento, por aquecimento, temos a supressão do suporte sanguíneo do tumor, temos retirada apenas do tumor, temos a retirada de parte do rim e temos a retirada de todo o rim. Os tumores de próstata são passíveis hoje de vários tipos de abordagens cirúrgicas e não cirúrgicas, semelhantes as dos rins.

Litotripsia (fragmentação de cálculos urinários sem cirurgia): Na clínica UROPAR encontram-se as duas máquinas de litotripsia mais modernas de Curitiba e região. Utilizam tecnologia eletromagnética e são utilizadas no tratamento de cálculos até 1,5 cm que estejam dentro dos rins. Têm alta taxa de resolutividade com apenas uma sessão de tratamento que dura em torno de 15 minutos. As máquinas sofreram “upgrade” recente, com melhorias no equipamento e no software. Normalmente, as aplicações não geram dor, porém em alguns casos, conforme o tamanho e a posição dos cálculos, ocorre algum desconforto durante a aplicação. Na UROPAR dispõe-se para esse tipo de paciente a sedação e, se necessário anestesia, com salas totalmente equipadas. O paciente frequentemente volta para suas atividades no dia seguinte, ou até mesmo no mesmo dia. Exames de controle como ecografia e tomografia são realizados alguns dias após o tratamento para confirmar os resultados. Ao eliminar os fragmentos dos cálculos, o paciente pode experimentar algum desconforto e em poucos casos, podem ocorrer cólicas de rim. Os fragmentos maiores podem gerar dor. Por isso em casos onde o cálculo renal é maior que 1, ou 1,5 cm, os urologistas preferem métodos endourológicos, pois com a litotripisa os fragmentos de grandes cálculos são proporcionais e não se transformam em poeira.

Ortotripsia: As ondas de choque das máquinas de litotripsia são utilizadas para tratar doenças ortopédicas como a tendinite plantar (“espinho na planta” do pé), epicondilite do tenista e do golfista (dor no cotovelo de quem pratica esses esportes), calcificações do ombro e tendinite do ombro do tenista. Cada dia surgem novas aplicações para as ondas de choque. Atualmente, está em curso um estudo científico na UROPAR para tratamento de dores lombares de origem muscular. Os resultados parciais parecem promissores. Acompanhe os resultados desse estudo no FACEBOOK.

Transplante renal: Os urologistas da UROPAR são qualificados para a realização de transplantes renais de doadores cadavéricos e de doadores familiares, com experiência de centenas de transplantes já realizados.




 

Contato

Dr. Angelo Palma Contar

Rua Cap. Souza Franco, 95
Batel, Curitiba - PR

Telefone: (41) 3222-6926

 

Nossos Horários

Segunda
09:00 - 19:00
Terça
09:00 - 19:00
Quarta
09:00 - 19:00
Quinta
09:00 - 19:00
Sexta
Cirurgias Marcadas
Sábado
Fechado
Domingo
Fechado